Quiota Cozinha Contemporânea

Quiota cozinha Contemporânea

Quiota cozinha Contemporânea

Pessoal, ontem eu almoçei num restaurante muito bacana que é o Quiota Cozinha Contemporânea.  O Quiota está participando  do V Festival Gastronômico de Campinas que acontece de 18 de julho a 11 de agosto no almoço e jantar. Comandado pelo Chef Diego Calvi que escolheu como tema a Escandinávia.

Escandinávia é reconhecida na cultura popular por ser a terra dos vikings e de pratos baseados em salmão e bacalhau, peixes típicos da região. O frio é fator determinante da cozinha escandinava, por isso a região desenvolveu técnicas de conservação de seus alimentos. Os peixes, por exemplo, podem ser consumidos secos, defumados, curados e curtidos. É essa parte da cultura gastronômica daquela região que o Quiota Cozinha Contemporânea, com apenas sete meses de funcionamento, revela nos seus deliciosos pratos.

O Quiota oferece um cardápio com entrada, prato principal e sobremesa, preparado com a técnica Gravlax, uma das principais características utilizadas nos países escandinavos. Como entrada, experimentei um delicioso Salmão Gravlax. O prato principal Cordeiro Defumado. A sobremesa um delicioso Flan de Limão Siciliano, servido dentro da casca do limão. Tudo saboroso e impecável! Adorei.

Eu como já contei pra vocês, eu morei em Estocolmo que é um País Escandinavo e sei bem como a culinária é saborosíssima. Os peixes preparados pela técnica Gravlax são sensacionais. São de comer rezando!!!

Gravlax para quem ainda não conhece quer dizer, literalmente, salmão enterrado. ‘Gravad’ é cova e ‘lax’ é salmão, no idioma nórdico.

Sua origem vem de uma técnica de conservação muito utilizada por pescadores dos fjords na Escandinávia desde o século VIII.

Eles enterravam o salmão na enseadas de areias geladas, com sal, para que fermentasse por um ano.

Mil e duzentos anos depois, o Gravlax tornou-se um dos mais requintados antepastos nos cardápios gourmet.

Muitas vezes confundido com salmão defumado, diferencia-se deste, pela presença de pimenta preta e algumas ervas nas fatias de Gravlax.

Parabéns Ao Chef Diego Calvi pelos belíssimos pratos. Obrigada a toda Equipe do Quiota que me recebeu com todo carinho!

Vamos as fotos:
DSC_0194 DSC_0193 DSC07109 DSC_0200 DSC07115 Quiota_foto3 DSC07116 Quiota_foto1 DSC07124 DSC07118 DSC07121

SOBRE A GASTRONOMIA ENCANDINÁVIA

No que se refere à gastronomia, há grande variações entre os países escandinavos no que se refere aos pratos típicos e no que se refere à diversidade de ingredientes. A tradição gastronômica da Escandinávia está realmente ligada aos vikings. Quando os guerreiros retornavam dos combates, eram recebidos com festas e grandes refeições. Como a região é cercada por muita água, o mar é a fonte principal para a cozinha.

A cultura culinária escandinava envolve jantares que podem durar horas por causa do número de pratos ou mesmo simples sanduíches. Entretanto, o cardápio é sempre rico e saudável, contando com peixes, frutos do mar e legumes.

A região da Escandinávia é composta por Suécia, Dinamarca, Finlândia e Noruega. Países que compartilham de uma tradição milenar e desenvolveram juntos a cultura gastronômica. Todavia, há diferenças internas, pois Suécia, Noruega e Finlândia receberam mais influência da Rússia, enquanto a Dinamarca possui sabores claramente germânicos nos seus pratos.

O frio é fator determinante da cozinha escandinava, por isso a região desenvolveu técnicas de conservação de seus alimentos. Os peixes, por exemplo, podem ser consumidos secos, defumados, curados e curtidos. O consumo de pescados e frutos do mar é muito alto, mas destaca-se também a presença de carne de rena, batata, cenoura, couve-flor, brócolis, pães, produtos lácteos e frutas silvestres. A Dinamarca é o único país da região em que a agricultura é tão desenvolvida quanto a pesca. Logo, peixes e carnes aparecem em medidas semelhantes no cardápio. Porém é a Suécia que possui a gastronomia mais variada e os chefs mais reconhecidos internacionalmente da região.

SOBRE O QUIOTA
Inaugurado em dezembro de 2012, o Quiota Cozinha Contemporânea está localizado na Rua Padre Almeida, 537, no Bairro Cambuí, em Campinas.

Com capacidade para 64 pessoas, a casa possui um clima contemporâneo, onde o cliente pode acompanhar todo o preparo dos pratos.

Quiota abre de quinta-feira a domingo para o almoço, a partir das 12h, e de quinta a sábado para o jantar, a partir das 19h30.

O telefone da casa é: (19) 2121-0417

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*