Verde para o Réveillon 2020
Cordão de Flores estão em Alta na Decoração
Excelente base para unhas fracas e quebradiças
Coque Baixo um Clássico que nunca sai de Moda
Para quem ama, o tempo é eterno! Celebramos 20 Anos de Casamento

Gratidão o Caminho que Leva ao Amor

Conexão com a positividade do universo

Sexta-feira chegou! Esse é um texto da Heloísa Capelas. É muito bacana! Vale a pena ler e refletir!

Sentir-se grato é algo que nos devolve o sentimento de pertencimento: a partir dessa emoção, tenho uma visão horizontal das demais pessoas. Deixo de vê-las de baixo para cima ou de cima para baixo. Não sou mais e nem menos; sou igual.

Traz ainda a compreensão significativa de que, na vida, nada dá errado. Tudo o que acontece, acontece para nosso bem. Se sou grata inclusive ao que me acontece de negativo, serei capaz de entender o que está por detrás daquele mal e qual lição mereço tirar daquele acontecimento.

Quando sou grata, entro em conexão com o universo e com a positividade. Percebo os sinais de que, se algo deu errado, fui eu que atraí aquela situação para minha vida; identifico qual energia gerei para que aquilo acontecesse. O universo é tão sábio que nos proporciona incansáveis oportunidades de aprendizado!

Então, proponho a você, agora, um exercício muito simples para que entre, também, nessa corrente de gratidão, amor e positividade. Por 21 dias, agradeça. Escolha um caderninho ou mesmo seu computador e, diariamente, anote tudo aquilo pelo o que você é grato: pelo seu trabalho ou por sua demissão; pela sua família e casamento ou por sua solteirice; pelo sol ou pela chuva.

Enfim, escreva tudo, uma a uma das coisas que fazem com que se sinta grato, mesmo que lhe pareçam negativas. Respire. Conecte-se a todo o seu bem e todo seu mal.

E lembre-se: se você é capaz de agradecer, é capaz de amar; se é capaz de amar, é capaz de receber amor. E, portanto, é capaz de permanecer continuadamente conectado ao fluxo de amorosidade e crescimento que o universo lhe reserva.

Texto de Heloísa Capelas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*